Ubajara recebe base do CPRaio e central de videomonitoramento

A política de interiorização do policiamento motorizado ostensivo do Governo do Ceará segue firme. Os moradores de Ubajara receberam, nesta terça-feira (22), a 54ª base do Comando de Policiamento de Rondas e Ações Intensivas e Ostensivas (CPRaio) da Polícia Militar do Ceará (PMCE). Além disso, a cidade recebeu a 53ª central de videomonitoramento para auxiliar no reforço do policiamento. A solenidade contou com a presença do governador Camilo Santana, da vice-governadora, Izolda Cela, e do secretário da Segurança Pública e Defesa Social, Sandro Caron.O governador Camilo Santana destacou o potencial de mobilidade e agilidade do CPRaio e como a instalação da nova base vai favorecer a cidade. “Esse efetivo é de Ubajara. Esses homens vão reforçar o trabalho que já é realizado pelos nossos policiais militares aqui do município. Eles foram altamente treinados e têm o que há de melhor em armamento. Cada moto que será utilizada custou R$ 86 mil. Disponibilizamos o que há de melhor para atender a população”, destacou o governador. A base do CPRaio em Ubajara conta com o efetivo de 30 policiais militares, 10 motocicletas e uma viatura caracterizada, fazendo patrulhamento ostensivo no município e localidades, sob o comando do tenente da PMCE, Luís Gustavo. Também serão 15 câmeras de videomonitoramento espalhadas por Ubajara, compondo conjunto com outras 52 centrais de videomonitoramento em todo o Estado, com 3.408 câmeras no total.

Camilo Santana ressaltou que o Ceará é um dos estados do país que mais tem investido em segurança. “Mais de 10 mil homens contratados para as forças de segurança. Para a Polícia Militar estou chamando mais 3 mil. Para a Polícia Civil, estou chamando mais 500. Chamei turmas do Corpo de Bombeiros. Fui quem mais chamou concursado da Pefoce e agora mais 227. Temos a melhor frota de aeronave e helicóptero do país. Só tínhamos base da Ciopaer em Fortaleza. Montamos em Sobral, Juazeiro do Norte, Quixadá e Crateús. Interiorizamos o Raio e 54 municípios já têm base. Montamos um sistema de videomonitoramento com cerca de 3.400 câmeras interligadas. Compramos armas, viaturas, fardamento. Mais de 25 mil promoções de militares e melhorias salariais”, detalhou o governador .

Para obter resultados na diminuição da criminalidade, a vice-governadora Izolda Cela acredita que é preciso atuar conjuntamente em dois lados: prevenção e repressão. “Esse incremento na segurança é importante para as famílias. Temos a visão de trabalhar em duas frentes. Uma é melhorar a economia, gerar oportunidades para a juventude, melhorar a condição de vida das pessoas. Tudo isso é muito importante para resolver uma série de problemas, dentre eles a violência. Isso afeta fortemente nosso país e a nossa região, a América Latina. É um problema que tem muita relação com as desigualdades”, comentou Izolda.

Os policiais foram recepcionados pelo prefeito Renê Vasconcelos, que afirmou ter certeza do efeito positivo na segurança com a chegada da base do grupamento especial da Polícia Militar ao município. “Quero agradecer e parabenizar as estrelas dessas festa, que são os policiais do Raio que, a partir de hoje, vão mudar a história da segurança pública do nosso município. O Raio é uma polícia diferenciada de todas as polícias do Brasil. Essa farda que vocês usam, eu sei que vocês honram ela a cada momento, e Ubajara acolhe vocês como novos irmãos”, enfatizou o prefeito.Para a autônoma Antônia Fernandes, a instalação da base e do sistema de videomonitoramento vai dar mais tranquilidade a todos. “Para a gente, a chegada do Batalhão do Raio é mais um meio de combater a criminalidade em nossa cidade. Além disso, com a reinauguração do Bondinho, o turista fica mais tranquilo de visitar nossa cidade”, confidenciou a moradora.

Ação eficienteEm 2004, quando foi criado, o grupamento motorizado iniciou suas ações com foco no policiamento de duas rodas para um combate aos crimes mais rápido e preciso. A unidade inicialmente contava apenas com 16 policiais militares e oito motocicletas. Hoje, além da Capital, são 13 bases do Raio na Região Metropolitana de Fortaleza (RMF) e 40 no Interior. Atualmente, o comando possui 2.641 policiais militares atuando em 54 municípios do Interior, RMF e na Capital, com auxílio de 1.673 motocicletas e 126 viaturas.

Os bons resultados obtidos pelo CPRaio no ano passado foram usados pelo secretário da Segurança Pública e Defesa Social, Sandro Caron, para exemplificar a eficiência do grupamento. “As pessoas perguntam o que é o Raio? Para mim é sinônimo de efetividade. O Raio chega e resolve. Vou dizer para vocês porque. Em 2021 o Raio botou na cadeia 6.600 criminosos desse estado, retirou das mãos de criminosos 2.100 armas de fogo que seriam usadas para cometer crimes graves. Então, o Raio chega e resolve com uma das marcas da segurança pública do estado. Resolve com integração. O raio está chegando pra resolver e vai resolver junto com a Polícia Militar, através do Policiamento Ostensivo Geral, com a Polícia Civil que também já vinham com muito esforço trabalhando para garantir a segurança de todos os cidadãos de Ubajara”, destacou Caron.

Expansão e formaçãoA formação dos policiais lotados no CPRaio inclui aulas práticas de pilotagem de motocicleta, tiro policial, defesa pessoal e técnicas policiais especiais. Os raianos são preparados para agir nos mais diversos cenários apresentados, principalmente, pelo fato de poderem acessar, com mais facilidade, ruas estreitas e locais longínquos, mantendo alto grau de destreza e segurança durante as ações e operações de patrulhamento tático.O processo de interiorização do Raio iniciou em 2015, com a instalação de batalhões responsáveis por centralizar as ações em nove grandes regiões do Estado. Estão previstas mais 15 bases a serem inauguradas no interior: Paraipaba, Bela Cruz, Ipueiras, Jaguaruana, Missão Velha, Nova Russas, Pedra Branca, Pentecoste, Santana do Acaraú, Tabuleiro do Norte, Massapê, Icapuí, Jardim, Aurora e Campos Sales.

Fonte: Ascom

Zeudir Queiroz