Secretária de Cultura de Uruburetama acusa quadrilha de praticar macumba durante dança

Foto: Reprodução/ Redes Sociais

No último domingo (19), Fernanda Carneiro, secretária de Turismo e Cultura do município de Uruburetama, no interior do Ceará, interrompeu uma apresentação de quadrilha sob a justificativa de que a dança representaria uma “macumba”. A apresentação foi realizada pela quadrilha “Trem Maluco” e tinha como tema a história de vida de Santa Dulce dos Pobres, popularmente conhecida como Irmã Dulce.

De acordo com um dos organizadores do evento, ao observar a caracterização dos personagens baianos, local de origem da Santa, a gestora ordenou que a performance fosse interrompida por completo, alegando que “trazer macumba para dentro de uma festa religiosa” seria falta de respeito.

Mesmo com a demanda da secretária, o evento prosseguiu e, ao final da apresentação, os donos da quadrilha  “Trem Maluco” tentaram explicar o significado da dança ao público, mas foram interrompidos. A empresa publicou uma nota de repúdio em suas redes sociais criticando a ação da gestora.

“Repudiamos todo o ocorrido na cidade Uruburetama e ficamos muito mais tristes em saber que isso partiu das nossas próprias autoridades da cidade, as religiões de matrizes africanas são parte da nossa história e da nossa cultura, precisamos entender e respeitar assim como qualquer outra prática, basta de toda ignorância e intolerância. Nada justifica tamanha falta de respeito com nossos membros e com o público presente que presenciou toda cena lamentável”, diz o texto.

A prefeitura do município emitiu uma nota de desculpas e solicitou uma conversa com o grupo para “amenizar o desconforto entre as partes envolvidas direta e indiretamente”.

Fonte: https://oestadoce.com.br/

Zeudir Queiroz