Peste suína: 120 animais serão abatidos em Marco, cidade do interior cearense

Foto: Governo Federal / Divulgação

Após o registro de foco da peste suína clássica em uma criação de subsistência, no município de Marco, situado na região Norte do Ceará, 120 animais de propriedades vizinhas ao local do foco da doença serão sacrificados para conter a disseminação do vírus no município. A informação foi confirmada pelo gerente de gestão do meio agropecuário da Agência de Defesa Agropecuária do Ceará (Adagri), Jarier Oliveira, nesta quinta-feira (14).

O foco da doença tem deixado os moradores da região apreensivos, porém não apresenta riscos à saúde humana, mas como é questão de saúde pública, com mortalidade dos animais, é um problema grande que deve ser contido.

Os casos na cidade cearense foram notificados pelo Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa) a Organização Mundial de Saúde Animal (OIE), que divulgou um comunicado oficial sobre a ocorrência na segunda-feira (11). O caso foi identificado durante uma ação de vigilância epidemiológica de rotina, realizada pelos fiscais médicos-veterinários da Adagri.

Nove animais foram diagnosticados com peste suína clássica. Destes, oito porcos morreram e um teve de ser sacrificado. Os outros 120 animais dos vizinhos devem ser abatidos nesta sexta-feira (15), segundo Jarier. E, a partir da próxima semana, a vigilância na região será aumentada para 3 quilômetros ao redor do foco.

Os produtores que terão os animais sacrificados serão indenizados através de um benefício pago parte pelo Fundo de Defesa Agropecuária do Estado do Ceará (Fundeagro) e parte pelo Ministério da Agricultura.

Fonte: https://gcmais.com.br/