Padrasto envolvido: Bebê de quatro meses morre após ser atendido em hospital com marcas de agressão

Bebê de quatro meses morre em hospital depois de ser internado com marcas de agressão, em Nova Russas. — Foto: Reprodução

Um bebê de quatro meses faleceu, na noite desta quinta-feira (14), após receber atendimento médico com marcas de agressões, que teriam sido feitas pelo próprio padrasto. As lesões aconteceram no último domingo (10), mas a criança só recebeu atendimento médico três dias depois. O caso aconteceu em Nova Russas, no interior do Ceará.

Por nota, a Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS) informou que a Polícia Civil do Estado do Ceará (PC-CE) segue apurando o caso, por meio da Delegacia Regional de Crateús.

O padastro chegou a ser ouvido na delegacia, mas foi liberado, já que não configurava mais flagrante.

Nas redes sociais, a mãe da criança publicou um texto afirmando que o menino caiu de uma cama e machucou o corpo. Ela relatou que teria mentido com relação à acusação que o padrasto seria o responsável pelas agressões.

A publicação da mãe aconteceu depois que moradores do município, revoltados com o caso, fizeram uma tentativa de linchamento contra o suspeito. Na ocasião, os vizinhos teriam quebrado as duas mãos do padrasto.

Uma equipe da Polícia Militar do Ceará (PMCE) foi acionada e realizou diligências com o objetivo de apurar denúncias de maus-tratos contra a criança. Nesta sexta, a SSPDS informou que a PC-CE mantém a investigação, por meio da Delegacia Regional de Crateús.

A PC-CE aguarda o resultado de exames periciais para a conclusão das investigações, e posterior encaminhamento do procedimento ao Ministério Público do Estado do Ceará (MPCE).

Fonte: https://g1.globo.com/