Caucaia inicia as atividades do “Programa Municipal Hora de Plantar”

As atividades de agricultura no município de Caucaia ainda são predominantemente de origem familiar, porém tem grande potencial de produção. Com isso, o município  aposta na mecanização agrícola para promover e fortalecer o trabalho dos agricultores e aumentar as chances de retorno econômico para os pequenos produtores. Atenta ao potencial de produção agrícola do município, que tem 70% de zona rural, a Prefeitura de Caucaia, por meio da  Secretaria de Desenvolvimento Rural, desenvolveu o “Programa Municipal Hora de Plantar”, que permite ao agricultor o acesso à mecanização do solo com suporte técnico e equipamentos.

A iniciativa tem o objetivo de realizar o preparo de solo de forma mecanizada para plantio das culturas agrícolas e, assim, beneficiar o pequeno agricultor e aquecer a economia municipal. Com o programa, é possível fazer um planejamento agrícola com uma estrutura que contempla toda a cadeia produtiva, desde o preparo do solo até a pós colheita, como a destinação ao Programa Municipal de Aquisição de Alimentos da Agricultura Familiar do Município de Caucaia (Lei nº 3.315/2021), uma iniciativa que pretende comprar os produtos dos agricultores beneficiados pelo “Programa Municipal Hora de Plantar”.

Serão beneficiados, aproximadamente, 600 agricultores com até 5 (cinco) horas de trator por produtor cadastrado e a depender do tamanho da propriedade. Os agricultores cadastrados relatam que é primeira vez que estão recebendo incentivos dignos para continuar na atividade agrícola familiar.

Na localidade de Poço Verde, no distrito de Sítios Novos, o agricultor Francilio Costa de Sousa (PC), reforça que o manejo do solo feito pelo trator é uma benção, pois “há anos que a gente não tinha apoio nenhum. A gente precisa da ajuda de uma máquina dessa para poder fazer um trabalho bem feito. O trator corta bem a terra e tem ajudado bastante na hora do plantio. Facilita demais nossa vida”, reforça.

O projeto é planejado, executado e avaliado pela equipe da Secretaria de Desenvolvimento Rural. De acordo com o secretário, “com esse programa, os agricultores voltaram a ser estimulados a continuar com o plantio e produção agrícola familiar”.  O secretário também destacou que, além do custo zero para os produtores agricultores, o manejo do solo feito com tratores de arado permite uma maior celeridade no processo agrícola de produtividade e colheita, pois o serviço que o trator faz em 5 cinco horas substitui a mão de obra de 15 trabalhadores braçais. Além disso, se o agricultor fosse contratar o serviço de um trator, teria custo de R$ 200 por hora e, com o Programa Municipal Hora de Plantar, o custo fica por conta da Prefeitura de Caucaia.

Para o beneficiado pelo programa, o agricultor Antônio Iran Ferreira da Silva, que tem propriedade na localidade de Brasília, no Distrito de Bom Princípio, “o programa veio para beneficiar várias famílias, pois cada hora de uso do trator é uma diária a menos de trabalho braçal a ser contratada”.

O engenheiro agrícola responsável pelo programa, Amauri Miranda,  destaca que, com o uso do trator, reduz a necessidade de utilização de queimadas, aumenta a infiltração da água no solo e a qualidade do alimento, pois melhora o sistema radicular do plantio. Além disso, a redução do custo da mão de obra, haja visto que o equipamento amplia a área de plantio e reduz a quantidade de limpa do terreno. Sendo assim, o produtor tem mais tempo para se dedicar a outras atividades”, afirma.

Fonte: http://www.caucaia.ce.gov.br/

Zeudir Queiroz