40 cidades cearenses registram chuvas no feriado da Proclamação da República

Foto: Marciel Bezerra / Reprodução

Neste feriado da Proclamação da República (15), pelo menos 40 cidades registraram chuvas em seus territórios, conforme balanço parcial da Fundação Cearense de Meteorologia e Recursos Hídricos (Funceme). As cidades de Várzea Alegre, Crato e Barro, todas na região do Cariri, lideram os volumes com 95, 88 e 76,3 mm de precipitações, respectivamente. Veja a lista completa:

  1. Várzea Alegre – 95 mm
  2. Crato – 88 mm
  3. Barro – 76.3 mm
  4. Martinópole – 53 mm
  5. Iguatu – 46 mm
  6. Granjeiro (Posto Canabrava dos Ferreiras) – 41.2 mm
  7. Cariré – 37 mm
  8. Granjeiro (Posto Novo Granjeiro) – 32.5 mm
  9. Iguatu – 30 mm
  10. Aurora – 28.6 mm

Segundo a análise feita pela manhã, o Ceará deve continuar com condições de instabilidade em quase todo seu território para os próximos dias. O Litoral Norte, a Ibiapaba, o Cariri e o Sertão Central e Inhamuns deverão ter indicativo de chuvas isoladas e passageiras neste dia da Proclamação da República.

Devido à umidade do ar juntamente com o calor e o relevo, os acumulados previstos poderão ocorrer entre os períodos da tarde e noite, de intensidade variando de fraca a moderada. As demais regiões do estado, devem seguir com tempo firme ao longo do dia.

Ainda de acordo com a Funceme, para terça-feira (16), em virtude da possível formação de áreas de instabilidades, sobre o oceano atlântico e no leste do Nordeste do Brasil, a brisa terrestre e efeitos locais, todas as macrorregiões poderão ter indicativo de chuva, e a intensidade deve variar de fraca a moderada, ocasionalmente forte. A tendência é que os acumulados esperados se concentrem entre a madrugada e manhã em todas as regiões.

No entanto, as regiões centro-sul (Cariri, sul da Jaguaribana e centro-sul do Sertão e Inhamuns) deverão apresentar chuvas mais abrangentes e de intensidade variando de fraca a forte. Para as demais regiões, a chuva prevista poderá ser de forma isolada e de caráter passageira.

Fonte: https://gcmais.com.br/