Pazuello pede para deixar Ministério e alega problemas de saúde

O atual ministro da Saúde, Eduardo Pazuello, pode deixar o cargo nos próximos dias. Segundo o portal O Globo, o titular da pasta já comunicou ao presidente Jair Bolsonaro sobre o pedido de afastamento do cargo por estar com problemas de saúde e precisar de tempo para o tratamento.

Ainda segundo a publicação, o Palácio do Planalto já estaria procurando nomes para substituir o general. Ludhmilla Abrahão Hajjar, professora associada da USP, e Marcelo Queiroga, presidente da Sociedade Brasileira de Cardiologia, são os médicos cotados para assumir o Ministério.

Eduardo Pazuello já vinha sofrendo pressão nos últimos dias por conta da atuação do Ministério no combate à pandemia de covid-19. Os deputados do Centrão já vinham negociando com o presidente Jair Bolsonaro a troca da gestão da pasta por um médico ou um parlamentar.

Caso a saída do general Pazuello se concretize, ele será o terceiro a deixar o Ministério da Saúde desde o início da pandemia de covid-19 no Brasil. Antes dele, quem ocupava o cargo era Nelson Teich, que renunciou ao cargo em maio do ano passado, passando menos de um mês na função. Teich substituiu Henrique Mandetta, que foi demitido pelo presidente por discordarem constantemente no enfrentamento à pandemia.

Fonte: https://gcmais.com.br/

Zeudir Queiroz