Preços abusivos de testes de Covid-19 em Fortaleza são investigados pelo Procon

Foto: Agência Brasil

Farmácias e laboratórios de análises clínicas de Fortaleza foram notificados pelo Departamento Municipal de Proteção e Defesa dos Direitos do Consumidor (Procon Fortaleza) para apurar denúncias de preços abusivos em testes de Covid-19. O órgão destaca que consumidores relataram aumentos sucessivos nos testes de Covid-19 durante as últimas semanas, com preços variando entre R$ 89 a R$ 300.

Procon Fortaleza apura denúncias em testes de Covid-19

O Procon deu prazo de 10 dias para que o Sindicato do Comércio Varejista de Produtos Farmacêuticos e a Sociedade Brasileira de Análises Clínicas orientem a seus filiados e associados sobre a notificação do órgão, que também alerta sobre preços abusivos na venda de máscaras, álcool em gel e luvas. A representação também orienta sobre a cobrança de outros testes de infecções respiratórias.

O Procon pede que denúncias e reclamações sejam encaminhadas ao órgão por meio do portal da Prefeitura de Fortaleza (www.fortaleza.ce.gov.br), na aba de serviços “defesa do consumidor”.
Mais informações pela Central de Atendimento ao Consumidor 151 (horário comercial).

Aumento abusivo pode virar crime

Para impedir abusos contra o consumidor em situações de valor dos testes para Covid-19, o senador Angelo Coronel (PSD-BA) apresentou um projeto de lei (PL 768/2020) que criminaliza a elevação de preços de produtos e serviços sem justa causa durante períodos de emergência social, calamidade pública ou pandemia.

Taxa de positividade

Entre dezembro de 2021 e o início deste ano, o Centro de Testagem para Viajantes do Aeroporto Internacional Pinto Martins, em Fortaleza, registrou um aumento em 100 vezes na taxa de positividade de testes de covid-19 e Influenza. A informação foi revelada no dia 5 de janeiro pelo governador do Ceará, Camilo Santana, durante o anúncio das medidas do novo decreto do Governo do Estado.

Fonte: https://gcmais.com.br/

Zeudir Queiroz