Em 72 horas, nove pessoas são mortas em Caucaia

Foto: Pexels

Nove pessoas foram mortas em Caucaia, Região Metropolitana de Fortaleza, em 72 horas. O dado foi atualizado por uma fonte no último sábado (8) e confirmado em levantamento da equipe de reportagem do Grupo Cidade de Comunicação.

Nove pessoas mortas em Caucaia

Na noite do último sábado, um policial civil foi assassinado dentro de casa. O crime aconteceu na Rua Canaã, no bairro Padre Júlio Maria. Edson Silva Macedo, 41 anos, era escrivão da Polícia Civil do Ceará (PCCE) desde 2018.

De acordo com as informações policiais sobre o crime, o corpo da vítima estava na sala e os disparos chegaram a atingir a nuca do policial. Para a equipe que atendeu a ocorrência, os suspeitos vieram pelos fundos da casa e atingiram a vítima quando estava entrando no local. Os criminosos fugiram depois do crime e a Polícia Militar segue buscando os indivíduos.

Por meio de nota, a Polícia Civil se pronunciou sobre o crime:

A Polícia Civil do Estado do Ceará (PC-CE) lamenta profundamente o falecimento do escrivão da PC-CE, Edson Silva Macedo, 41 anos, ocorrido, na noite deste sábado (08), no bairro Padre Maria Júlia, em Caucaia. A PCCE lastima a perda de um dos seus integrantes e se solidariza com os familiares e amigos, ao passo que reforça que o crime que vitimou o escrivão não passará impune.

Várias equipes policiais realizam diligências ininterruptas para o total esclarecimento da morte do escrivão. Edson Silva ingressou na Polícia Civil em 2018 e era lotado no 20º Distrito Policial, em Maracanaú.

A Polícia Civil reconhece os relevantes serviços prestados à sociedade cearense pelo policial civil e lamenta a partida precoce do policial que tanto contribuiu no combate a criminalidade no Ceará.

Fonte: https://gcmais.com.br/noticias