Fortaleza diz que pagará dívida do aluguel e que jogará no PV “contra ou favor da vontade do secretário”

Para a diretoria do Fortaleza, não há problema que impeça o time de jogar no estádio Presidente Vargas. Apesar do secretário de esportes da Prefeitura de Fortaleza, Márcio Lopes, declarar que o clube só volta ao estádio se quitar a dívida que tem referente ao pagamento do aluguel na partida contra o Oeste, pela Série C, o presidente tricolor, Osmar Baquit, garante que a conta será paga.

“O Fortaleza não se nega a pagar. Se estamos devendo, temos que pagar. E vamos pagar”, assegurou o dirigente, em entrevista à Rádio O POVO/CBN na manhã desta terça-feira (15).

Baquit fez questão de deixar claro sua chateação com a forma como a cobrança da dívida foi feita, por meio de declarações de Márcio Lopes à imprensa. “Creio que ele (Márcio Lopes) agiu de forma errada, criando uma polêmica desnecessária. Ele, que assumiu recentemente uma pasta da Prefeitura, deveria ter convidado os clubes para uma conversa e não o fez”, lamentou o dirigente.

O presidente do Fortaleza garantiu ainda que o jogo do time contra o Sousa, na 3ª rodada da Copa do Nordeste, será realizado no estádio Presidente Vargas a todo custo. “O Fortaleza jogará no PV contra ou a favor da vontade do secretário”, disparou.

> ENTENDA A DÍVIDA E A COBRANÇA FEITA PELA PREFEITURA AO FORTALEZA

QUEBRA-QUEBRA NO PV

Em relação aos prejuízos causados ao PV no jogo contra o Oeste, Baquit disse que o assunto está na justiça e o clube luta para que os 41 torcedores detidos e identificaos no dia da partida (11 de novembro de 2012) como causadores dos atos de vandalismo é que devem ser responsabilizados financeiramente pelos danos.

Do O Povo

Zeudir Queiroz

1 COMENTÁRIO

Comments are closed.