Nova usina térmica no Pecém vai gerar 3 mil empregos

Segundo maior investimento privado da história do Ceará, termelétrica da Save On Energy terá capacidade de fornecimento de energia e gás para todo Estado, com potencial de venda para estados vizinhos

Saída do navio do Pecém complicou fornecimento de térmicas a gás no Ceará. Novo investimento deve contribuir com a melhoria desse fornecimento e criar hub de gás.(foto: Divulgaçao)

A nova usina termelétrica no Complexo do Pecém, da Save On Energy vai gerar 3 mil empregos, anunciou o governador do Ceará, Camilo Santana (PT). Serão 800 empregos indiretos e diretos na operação. Após reunião entre o governo e executivos da empresa norte-americana Ceiba, do consórcio Portocém, o governador confirmou que esse é o segundo maior investimento privado da história do Estado.

A nova termelétrica terá como fonte de operação o gás natural. O investimento será de R$ 5 bilhões. A capacidade de produção de energia é de até 1,6 GW. Vale lembrar que o consórcio Portocém foi o vencedor do leilão de energia do Brasil para instalação do equipamento. Com apenas esse projeto de termelétrica, o Ceará foi responsável por 70% (R$ 4.225 bilhões) do investimento de R$ 5,9 bilhões do primeiro leilão do País para contratação de reserva de capacidade de potência e energia para usinas termelétricas, realizado ontem.

Segundo o governador, a nova usina em operação tem capacidade de fornecimento de energia e gás para todo Ceará, com potencial de venda para estados vizinhos.

O secretário do Desenvolvimento Econômico e Trabalho do Ceará, Maia Jr, ainda destaca que a instalação abre margem pra instalar um terminal de gás independente da Petrobras no Complexo do Pecém.

Fonte: https://www.opovo.com.br/

Zeudir Queiroz