Lula supera Bolsonaro em potencial de voto para 2022, mostra pesquisa

Imagem de divulgação da web

Em uma pesquisa que mede o potencial de voto de possíveis candidatos à Presidência da República, em 2022, o ex-presidente Lula (PT) ficou à frente de Jair Bolsonaro (sem partido) e demais nomes citados pelos entrevistados. O levantamento foi realizado pelo Ipec (Inteligência em Pesquisa e Consultoria), entre os dias 19 e 23 de fevereiro.

O potencial de voto é medido da seguinte forma, o nome de cada possível concorrente é apresentado ao entrevistado, este é perguntado se votaria nele com certeza, se poderia votar, se não votaria de jeito nenhum ou se não o conhece suficientemente para responder. Com estas respostas, a soma do “votaria com certeza“ e com o “poderia votar” é o chamado potencial de voto.

De acordo com os números, 50% dos entrevistados disseram que votariam com certeza ou poderiam votar em Lula se ele fosse o candidato ao cargo de presidente da República, em 2022. Já para 44% dos entrevistados, não o escolheriam de jeito nenhum. O presidente Jair Bolsonaro ficou com 38% no potencial de voto, 12 pontos abaixo de Lula.

Lula: 50

Bolsonaro: 38

Sérgio Moro: 31

Luciano Huck: 28

Fernando Haddad: 27

Ciro Gomes: 25

Marina Silva: 21

Henrique Mandeta: 15

João Doria: 15

Guilherme Boulos: 10

Condenado em suposto envolvimento no esquema desarticulado pela Operação Lava Jato, Lula está impedido, pela Lei da Ficha Limpa, de concorrer à Presidência, em 2022, no entanto a defesa do petista está confiante que as condenações contra Lula no âmbito desta operação sejam anuladas devido à possível irregularidades no bojo do processo comandado pelo juiz à época Sérgio Moro, que deixou a magistratura para ser ministro da Justiça no governo Bolsonaro, mas também acabou deixando o cargo alegando possíveis interferências de Bolsonaro no comando da Polícia Federal (PF).

Quando a pergunta é sobre rejeição, a ex-senadora Marina Silva é a mais rejeitada — com 57% — e é seguida por Huck e Doria, ambos com 57%. Neste quesito, Bolsonaro é o quarto mais rejeitado e Lula fica como o menor rejeitado nesta pesquisa.

Marina Silva: 59

Luciano Huck: 57

João Doria: 57

Jair Bolsonaro: 56

Ciro Gomes Fernando Haddad: 52

Sérgio Moro: 50

Guilherme Boulos: 49

Henrique Mandeta: 45

Lula: 44

O Ipec é a nova empresa de pesquisas comandada por Márcia Cavallari, que foi CEO do Ibope por 10 anos. A empresa ouviu 2.002 pessoas em 143 municípios do País. A margem de erro é de 2 pontos porcentuais para mais ou para menos.

Fonte: https://diariodegoias.com.br/