“Nasci de novo”, diz homem que escapou por triz de ser atropelado por um caminhão em Maracanaú

“Tô bem”, garantiu Valmir, em entrevista à TV Cidade. Foto: Reprodução

“Nasci de novo. Vou ter que fazer outro aniversário. Foi um milagre mesmo”. Foi assim que o  técnico em rastreamento José Valmir Freire resumiu o episódio em que escapou de ser esmagado por um caminhão que trafegava em uma rua da cidade de Maracanaú, Região Metropolitana de Fortaleza, no Ceará.

Nesta segunda-feira (23), horas depois do incidente, que ocorreu por volta das 9h, José Valmir Freire recebeu a equipe da TV Cidade Fortaleza em sua residência e concedeu uma entrevista exclusiva para a repórter Emanuella Braga, em que contou como escapou de ser esmagado por um caminhão, enquanto estava em frente à uma casa de cliente, onde aguardava ser recebido, quando foi atingido por um caminhão que perdeu o rumo.

“A sensação não foi das melhores. Fui atender um cliente e estava esperando em frente à casa dele. Quando eu cheguei no local, ouvi um barulho grande. Quando olhei para o lado, já vi um caminhão caindo em cima de mim. Ele (caminhão) me bateu no ombro, me jogou no portão do cliente. Depois que isso aconteceu, saí correndo, na brecha que eu encontrei, porque o caminhão bateu na casa e eu corri, porque pensava que a casa ia cair em cima de mim. Aí consegui sair”, relatou.

Apesar do susto, Valmir não se feriu gravemente e teve apenas escoriações nos braços e no peito. “Graças a Deus, tô bem. Foi só um susto. Logo logo vou voltar a trabalhar, se Deus quiser”, afirmou o técnico, acrescentando que “se eu contasse o que aconteceu sem imagens, sem provas, ninguém iria acreditar, porque parece cena de filme”.

Veja vídeo:

Fonte: https://gcmais.com.br/

 

Zeudir Queiroz