Salário na Petrobras chega a R$ 145 mil por mês, mostra relatório

 

Rio de Janeiro – Edifício sede da Petrobras no Centro do Rio. (Fernando Frazão/Agência Brasil)

O Relatório de Benefícios das Empresas Estatais Federais (Rebef), detalhou que um funcionário da Petrobras tem salário mensal de R$ 145.184. É a maior remuneração entre as empresas sob controle do governo federal. Logo abaixo, vem um empregado da Eletrobrás, com vencimentos de R$ 93.068.

O documento, produzido pelo Ministério da Economia, detalha os benefícios concedidos pelas 46 estatais controladas pela União e suas subsidiárias aos mais de 450 mil empregados.

Os funcionários, em questão, não possuem cargo de direção. De acordo com o relatório, os salários exorbitantes são o resultado de incorporações de benefícios, na maioria das vezes obtidas por decisão judicial. E superam o teto salarial estabelecido para o executivo, de R$ 39,2 mil.

Além disso, outro benefício é a estabilidade que alguns funcionários têm, individualmente, mesmo não sendo classificados como servidores públicos. Empregados da Petrobras, do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES), da Companhia Docas do Pará e a da Eletrobras — que o governo pretende privatizar ainda este ano — possuem acordos salariais por tempo determinado. Somente a estatal de energia elétrica assegura o emprego a um grupo de 11.612 servidores pelo período de novembro de 2021 a abril deste ano.

O BNDES também está no topo da lista com as maiores remunerações e benefícios. O bando estatal garante aos funcionários dois tipos de auxílio alimentação (cesta alimentação e refeição), que somam R$ 2.157,97 por mês. Outro ponto que chama a atenção é a diferença entre o salário máximo e mínimo da Companhia Docas do Espírito Santo (Codesa). A maior remuneração e de R$ 58.255 e a menor de R$ 441, segundo o relatório.

Os dados apresentados são do ano de 2020 e não contemplam cargos de diretoria. De acordo com o Ministério da Economia, essas informações serão publicadas em outro boletim. Ao todo, os salários das estatais federais somam R$ 96,6 bilhões, distribuídos entre 453.91 mil funcionários. (Tainá Andrade)

Fonte: https://www.correiobraziliense.com.br/

Zeudir Queiroz