Lula abre 21 pontos sobre Bolsonaro e venceria no primeiro turno, aponta Datafolha

Petista aparece com 54% dos votos válidos, quando são excluídos brancos e nulos, contra 30% do atual presidente

De acordo com o Datafolha, a marca do petista é a melhor desde o início das pesquisas da instituição, em maio de 2021. Foto: Divulgação

Uma nova pesquisa divulgada nesta quinta-feira (26) pelo Instituto Datafolha aponta que, se a eleição fosse realizada hoje, o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) venceria a disputa pela presidência da república ainda no primeiro turno, com 48% dos votos. Os dados mostram Lula com uma vantagem de 21 pontos para o segundo colocado, o presidente Jair Bolsonaro (PL), que teve 27% da preferência dos entrevistados.

De acordo com o Datafolha, a vitória de Lula se daria por ter a maior parte das intenções de votos válidos, uma vez que que todos os outros pré-candidatos, juntos, somam 40% da preferência dos entrevistados. Quem aparece em 3º lugar nas intenções de votos é Ciro Gomes, com 7% dos votos – a mesma porcentagem para os entrevistados que afirmaram que votarão em branco ou anularão o voto.

André Janones (Avante) e Simone Tebet (MDB) alcançaram 2% dos votos e Pablo Marçal (Pros) e Vera Lúcia (PSTU), 1%. Já Felipe d’Avila (Novo), Sofia Manzano (PCB), Leonardo Péricles (UP), Eymael (Democracia Cristã), Luciano Bivar (União Brasil), e General Santos Cruz (Podemos) não chegaram a 1% das intenções. A pesquisa revelou ainda que 4% de entrevistados ainda não sabem em quem votar.

A pesquisa divulgada nesta quinta-feira (26) foi a primeira realizada pelo Datafolha após a desistência do ex-juíz Sergio Moro (União Brasil) e do ex-governador de São Paulo João Doria (PSDB). O levantamento entrevistou, entre quarta (25) e quinta-feira (26), 2.556 pessoas, acima de 16 anos, em 181 municípios. A margem de erro é de dois pontos percentuais, para mais ou menos.

Datafolha mostra crescimento de Lula na pesquisa espontânea

A pesquisa do Datafolha mostrou também que o desempenho de Lula cresceu na pesquisa espontânea, ou seja, quando não são apresentados nomes dos pré-candidatos para os entrevistados. O petista foi apontado como preferência de 38% dos entrevistados, enquanto Bolsonaro foi lembrado por 22%. Na pesquisa anterior do Datafolha, de março deste ano, a intenção de votos nesta modalidade de pesquisa era de 30% para o petista de 23% para o chefe do Executivo.

De acordo com o Datafolha, a marca do petista é a melhor desde o início das pesquisas da instituição, em maio de 2021. Ciro foi lembrado por 2% dos entrevistados e Tebet, 1%, na espontânea. A taxa de indecisos na espontânea também mostra uma redução em comparação a março: agora, 29% não escolheram um candidato até o momento, contra 32% há dois meses.

Fonte: https://gcmais.com.br/

Zeudir Queiroz