Golpes com Lotofácil prometem robôs e Excel que acertam números da loteria

Em buscadores e no YouTube há dezenas de sites e vídeos com ofertas de planilhas, robôs e aplicativos com falsas promessas. Basta digitar a expressão “números da Lotofácil” no Google que chovem supostas oportunidades. Uma das opções milagrosas — e moderninha — é a Robô da Loto

A chance de uma pessoa fazer a aposta mínima na Lotofácil (R$ 2,50), acertar os 15 números do prêmio principal e levar a bolada é de uma em 3,2 milhões, segundo a Caixa Econômica Federal. Alguns sites e youtubers, no entanto, vendem robôs e planilhas de Excel que seriam capazes de entender a lógica por trás da loteria e deixar os clientes mais próximos de ganhar milhões de reais.

Serviços sensacionais? Que nada, são golpes. Especialistas ouvidos pela reportagem do Portal do Bitcoin afirmam que é matematicamente impossível prever os números da loteria. O motivo, de acordo com eles, é simples: os concursos são independentes e não estão necessariamente ligados um ao outro.

 

Robô da Lotofácil
Em buscadores e no YouTube há dezenas de sites e vídeos com ofertas de planilhas, robôs e aplicativos com falsas promessas. Basta digitar a expressão “números da Lotofácil” no Google que chovem supostas oportunidades. Uma das opções milagrosas — e moderninha — é a Robô da Loto.

Em um vídeo de apresentação disponibilizado em seu site, a plataforma afirma ser um sistema de inteligência artificial capaz de fazer a pessoa acertar de 14 ou 15 pontos na Lotofácil com apenas 14 jogos. Para isso, basta comprar o robô por R$ 125,90 — ou 12 vezes de R$ 14,12, sem juros.

A plataforma afirma que é capaz de acertar os números porque o dono do negócio — o nome dele não é revelado — teria descoberto uma brecha no sistema da Caixa.

“Encontrei uma brecha na Lotofácil e ganho dinheiro toda semana com apenas 14 jogos. Aqui não vendemos sorte, mas vendemos uma ferramenta para auxiliar você a descobrir as dezenas que você deve escolher”, diz em vídeo.

A explicação sobre o que seria exatamente essa suposta falha descoberta no sistema instituição financeira, no entanto, não é dada. A reportagem entrou em contato com a Caixa e questionou se existe algum sistema capaz de burlar a loteria. Até o fechamento deste texto, no entanto, nenhum comentário foi enviado.

O Robô da Loto não informa CNPJ no site. O Portal do Bitcoin descobriu, por meio da plataforma Whois, que a plataforma foi criada em agosto deste ano. O responsável é um homem chamado Rafael Zucato, sócio da Evergreen Soluções Digitais LTDA.

A empresa, segundo consulta na Receita Federal, foi fundada em 2018 e está sediada em São Bernardo do Campo (SP). A reportagem ligou para a Evengreen nos telefones disponíveis no comprovante de inscrição e de situação cadastral. Ninguém atendeu.

 

Planilha mágica de Excel
Além do Robô da Loto, outro programa milagroso é o Clube Lotofácil, divulgado pelo youtuber Alisson Lotofácil. O Clube é um pacote de serviços — com planilha do Excel e aplicativos – que custa R$ 117, ou 12 vezes de R$ 13,12.

 

O app, segundo Alisson, tem um suposto rastreador de tendências que gera as dezenas mais “quentes”. Ele garante que a chance de a pessoa acertar 14 pontos da Lotofácil usando o sistema dele aumenta de 87% a 96,5%. Promete também que três em cada cinco clientes conseguem acertar pelo menos 14 pontos.

 

“Confio no que eu faço e confio nas minhas ferramentas”, diz Alisson em vídeo.
No site do Clube Lotofácil não há telefone para contato. No final da página, no entanto, há um CNPJ. A reportagem consultou a Receita Federal e descobriu que o número na verdade é de uma microempresa cujo nome fantasia é Você Vence.
O negócio foi fundado em julho de 2011, em Palmas (TO), por Daniel Vinícios Lima Carneiro. Não há menção ao nome do Alisson, que faz propaganda do serviço. A reportagem ligou para o celular disponível no comprovante de inscrição e de situação cadastral, mas o número é inexistente.
É crime de estelionato, diz advogado
Para o advogado criminal e professor da Unicuritiba, Michel Knolseisen, os responsáveis por essas plataformas podem estar cometendo crime de estelionato (Artigo 171 do Código Penal).
“Eles empregam fraude com a intenção de enganar pessoas e fazer com que elas entreguem espontaneamente algo (dinheiro)”.
Knolseisen disse que a pessoa lesada deve comparecer a uma delegacia para fazer uma representação (documento que autoriza o poder público a investigar um fato).
“Se a vítima não apresentar a representação, o caso não será processado. Vale lembrar, ainda, que o prazo para fazer isso é de seis meses a partir do momento que o crime ocorreu”, falou.
A pena para o crime de estelionato é de um a cinco anos. Se a vítima for acima de 60 anos, a pena dobra.
O que diz a Caixa Econômica
Em resposta à reportagem, a Caixa disse em nota que não reconhece, não tem vínculo nem responsabilidade sobre qualquer produto ou serviço lotérico comercializado pela internet ou aplicativo, à exceção dos comercializados em seus canais oficiais.
Sobre a segurança dos produtos disse:
“As Loterias CAIXA possuem níveis de segurança padrão internacional, atestados pela Associação Mundial de Loterias (World Lottery Association Security Control Standard) e por órgãos de controle internos e externos”. (Portal do Bitcoin – Lucas Gabriel Marins)
Comentar com o Facebook
Fonte: https://bnldata.com.br/

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.