Fogo atingiu alojamento de jogadores da base do Flamengo, deixa 10 mortos

O incêndio que deixou dez mortos e três feridos no centro de treinamento do Flamengo, na Zona Oeste do Rio de Janeiro, atingiu um alojamento das categorias de base do clube.

Segundo o Corpo de Bombeiros, só o Instituto Médico Legal poderá fazer a identificação das vítimas. Não se sabe, portanto, quantas vítimas eram atletas ou funcionários do clube.

O clube ainda não se pronunciou. Um grupo de pessoas aguarda informações em frente ao centro de treinamento George Helal, conhecido como Ninho do Urubu.

Os jogadores da base têm até 20 anos e é comum que eles fiquem alojados nas instalações dos clubes de futebol. Segundo o canal Globonews, um garoto de 14 anos está internado em estado grave.

Não há informações, até o momento, da idade dos mortos e de quantos são atletas. Segundos Bombeiros, a corporação trabalha no rescaldo do fogo e não foram localizadas novas vítimas

O fogo começou em um alojamento os Bombeiros foram acionados às 5h17. O clube ainda não se pronunciou. A corporação não soube informar o estado dos feridos nem as circunstâncias do que teria causado o incêndio.

Imagens do helicóptero da Rede Globo mostraram uma área totalmente destruída pelo fogo. No início da manhã, as chamas já estavam controladas e os bombeiros faziam apenas trabalho de rescaldo.

O Ninho do Urubu também é utilizado pela equipe principal do clube. Um treino estava programado para as 9h30 desta sexta-feira.

Fonte: veja.abril.com.br/

Zeudir Queiroz