Fluminense busca empate com o Ceará no Maracanã

Gol de Danilo Barcelos, Fluminense x Ceará (Foto: André Durão / ge)

Fluminense e Ceará empataram por 2 a 2 neste sábado, no Maracanã, em partida da 17ª rodada do Campeonato Brasileiro. O time tricolor abriu o placar com Luiz Henrique, aos 12 minutos de jogo. Aos 41 no primeiro tempo, Hudson desviou cabeceio de Charles e colocou a bola contra o próprio gol, empatando para o Vozão. Na segunda etapa, a equipe cearense voltou melhor e conseguiu a virada com Vina, aproveitando falha de Digão. Aos 45 minutos da segunda etapa, Danilo Barcelos recebeu passe de Fred e finalizou para voltar a empatar a partida

  • Como fica?

    Com o empate, o Fluminense desperdiça oportunidade de entrar no G-4 do Brasileirão. A equipe tricolor soma agora 26 pontos e ocupa a sexta colocação na tabela. O Ceará alcança 19 pontos na classificação e fica na 12ª posição, podendo ainda ser ultrapassado por três adversários na rodada. O Flu volta a campo no próximo domingo, contra o Santos, no Maracanã, enquanto o Vozão recebe o Coritiba no Castelão, no próximo sábado.

  • A bruxa tá solta!

    No primeiro minuto da partida, Yago Felipe sentiu dores na coxa esquerda e teve que ser substituído. É o segundo jogo seguido que Odair gasta uma substituição já no início. Contra o Atlético-MG, na última quarta-feira, Fernando Pacheco também saiu lesionado no começo da partida.

    • Foi de quem?

      Aos 41 minutos do primeiro tempo, Charles desviou de cabeça, a bola bateu em Hudson e foi parar no gol. O volante do Ceará saiu comemorando, mas o comentarista de arbitragem Sandro Meira Ricci disse que o gol deve ser marcado como contra do volante tricolor. No intervalo da partida, o quarto árbitro, perguntado sobre o autor do gol, afirmou que ainda não sabiam. O árbitro pode definir após a partida, na súmula.

    • Golaço não comemorado

      Aos 32 minutos do segundo tempo, Vina roubou bola de Digão, conduziu em velocidade, driblou Muriel e finalizou de perna esquerda para colocar o Ceará na frente no placar. Após a finalização, o jogador caiu no chão e sentiu dores no ombro. Ele não comemorou, mas seus companheiros sim. Os jogadores do Vozão se jogaram em cima do camisa 29, que se contorcia por conta das dores

      Fonte: https://globoesporte.globo.com/

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Digite seu comentário
Por favor digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.