Seis hospitais têm taxa de ocupação de UTI em 100% para coronavírus em Fortaleza

Segundo dados do IntegraSus do Governo do Estado, dessa quarta-feira (27), seis hospitais do Ceará estão com a taxa de ocupação das unidades de terapia intensiva (UTIs) destinada a pacientes com covid-19 em 100%. São eles: Hospital Geral Doutor Waldemar Alcântara (HGWA), com a ocupação dos nove leitos; Hospital Antonio Prudente, com 18 leitos ocupados; Hospital Maternidade Santo Antonio (HMSA), com 15 ocupados; Hospital Municipal Doutor João Elísio de Holanda, cinco leitos ocupados; Hospital Uniclinic, 15 leitos ocupados; Hospital Regional Do Cariri (HRC) com 31 leitos ocupados; e o Hospital São José de Doenças Infecciosas (HSJ), com seis leitos ocupados.
Além desses, há oito hospitais com a taxa de ocupação das UTIs beirando os 100%. São eles: Hospital Infantil Albert Sabin (HIAS), com 24 dos 25 leitos ocupados (96%); Hospital Otoclinica, com 21 e 22 dos leitos ocupados (95%), além de ter também 93% de ocupação dos leitos de enfermaria (14 dos 15); Hospital Regional de Icó Prefeito Walfrido Monteiro Sobrinho, com nove dos 10 leitos (90%); Hospital São Carlos, com nove dos 10 leitos (90%); Hospital Universitario Walter Cantidio, com cinco dos seis leitos (83%); Hospital Regional do Sertão Central (HRSC), com 18 dos 20 leitos (90%); Instituto Madre Tereza de Apoio a Vida (Imtavi), com seis dos sete leitos (85%); e a Santa Casa de Misericórdia de Sobral, com a ocupação de oito leitos dos 10 disponibilizados.
De maneira geral, a taxa de ocupação das UTIs está em 77% e das enfermarias em 47%. Há cerca de 73.155 pessoas em tratamento da doença e ainda segundo dados do IntegraSus, desde o início da pandemia do novo coronavírus até essa quarta-feira, o Ceará acumula 367.265 casos confirmados de covid-19, 10.402 óbitos e 283.708 recuperados.

Fonte: https://www.oestadoce.com.br/