Morre radialista e ex-deputado Narcélio Limaverde

Morreu, na madrugada desta quarta-feira (26 de janeiro de 2022), o comunicador Narcélio Sobreira Limaverde, ao 90 anos.

Narcélio estava internado há 15 dias, no Hospital Otoclínica da Avenida Antônio Sales, em Fortaleza, tratando de uma Pneumonia severa.

Narcélio Limaverde trabalhou nas rádios:

  • Dragão do Mar AM 690.
  • Verdes Mares 810 AM.
  • Cidade AM 860.
  • Assunção Cearense AM 620.
  • AM do O Povo 1010.
  • Ceará Rádio Clube 1.200.
  • Uirapuru AM 760.
  • Rádio Jornal do Commercio de Pernambuco.
  • Assembleia FM 96.7.
  • TV Ceará Canal 2.
  • TV Verdes Mares.
  • Diário do Nordeste-Jornal dos Bairros.
  • Teleceará.
  • Deputado estadual cearense.
  • Candidato a vice-prefeito de Fortaleza.
Filho de José Limaverde Sobrinho, um dos pioneiros do Radialismo no Ceará, Narcélio Limaverde tinha 68 anos de carreira no Radiojornalismo.
Começou na Ceará Rádio Clube, em 1954, e pouco depois, em 1960, tornou-se também o primeiro apresentador de Televisão do Estado, na TV Ceará Canal 2.
O radialista trabalhou ainda para as rádios Uirapuru, Assunção, Cidade, O Povo e Rádio Jornal do Recife, além do Sistema Verdes Mares (SVM), onde atuou em Rádio e TV. Em 1986, Narcélio foi eleito o deputado estadual mais votado do Ceará, pelo PMDB.
Nasceu em Fortaleza-Ceará, em 1931. Radialista, jornalista, relações públicas e publicitário. Trabalhando por 68 anos no Rádio, é um dos mais queridos profissionais da área. Atuou em todas as emissoras de Fortaleza. Sua carreira Política, embora breve, foi de importantes realizações para a comunidade e bom desempenho na Casa do Povo. Foi eleito deputado estadual em 1986, pelo Partido do Movimento Democrático Brasileiro (PMDB).
Primeiro secretário da Constituinte Estadual, conseguiu introduzir na Constituição artigo determinando o Estado a pagar a seus aposentados e pensionistas o mesmo que recebiam quando estavam em atividade. Foi escolhido duas vezes “Melhor Deputado Estadual” pelo Comitê de Imprensa da Assembleia Legislativa.
ATUAÇÃO NA FM ASSEMBLEIA – Ultimamente, o radialista trabalha para a Rádio FM Assembleia, na qual atua desde a fundação da emissora do Poder Legislativo, em 2007. Ele estava na coapresentaão do Programa Narcélio Limaverde, ao lado da jornalista Kézya Diniz.
Além disso, Narcélio apresentava o programa Brasilidade, que faz uma viagem pela trajetória de grandes artistas da Música Brasileira do passado.
Narcélio também tem um Podcast – o Fortaleza Antiga – que veicula crônicas gravadas para o Programa Narcélio Limaverde. No espaço, o radialista resgata, de improviso, histórias antigas da cidade. Durante a programação deste domingo, a Rádio FM Assembleia exibirá parte dessas crônicas.

  • Radialista e professor Alano Maia – Morre o ícone da radiofonia cearense.
  • Radialista Paulo Oliveira – Nos deixa o maior comunicador cearense.
  • Radialista Nivaldo Sousa – Nos deixa um cliente e amigo.
  • Jornalista, radialista e professor Lauriberto Braga – Entrevistei  para Rádio Fortaleza FM 90.7 e Narcélio disse para nossa audiência de seu amor por Fortaleza. Tenho os livros publicados por ele. Fica o legado do maior comunicador de Fortaleza.
  • Jornalista Pompeu Macário Batista – O “Reizinho” se foi. Nosso Narcélio Limaverde pediu o boné e foi pra rádio do céu. Vou lembrar dele desde o primeiro encontro, formal, naquele julho de 1962. Em fase experimental, prestes a inaugurar, a Rádio Tupinambá de Sobral recebia Narcélio e todo o grupo da Rádio Dragão do Mar, para as festas de sua inauguração, naquele que seria o dia do bi campeonato mundial de futebol, do Brasil. Levado ao estúdio, ainda não prestado o concurso de locutor, mas falando nas madrugadas do experimental período, ouvi em primeiro audiência a inconfundível voz do Narcélio Limaverde, já o mito da narração, num jingle cortado em Fortaleza, onde ele lia o texto do Padre Palhano sobre o Nosso Nome…solene, o querido amigo de todos esses anos, o Narcélio que um dia foi “meu” apresentador do Bom Dia Ceará, dizia…Abençoa Dom José, daí do céu, donde gozas da visão beatífica de Deus, os nossos trabalhos, a nossa luta,o nosso nome. È desse querido amigo, assim, com uma narração encantadora e sempre um sorriso em nossos encontros que vou leva-lo comigo, no coração, na alma, na memória, na saudade.  Alegra o céu, Limaverde; Alegra os dias de Deus”.
  • Radialista Assis Pereira – Nota de passar: morre Narcélio Lima Verde comunicador jornalista e radialista em Fortaleza.
  • Jornalista Nelson Faheina – O Rádio Brasileiro está de luto. Perdemos uma das maiores expressões da Radiofonia Brasileira: Narcélio Limaverde.Nossos sentimentos aos familiares.
  • Jornalista e radialista Antônio Viana – Morre um amigo comunicador.
  • Jornalista Tertuliano Petter Siqueira – O RÁDIO PODERIA HOMENAGEAR NARCÉLIO LIMAVERDE SAINDO DO AR AO MEIO-DIA DURANTE UM MINUTO. NARCÉLIO FOI O MAIOR HOMEM DE RÁDIO DO CEARÁ.

Fonte: https://www.blogdolauriberto.com/

Zeudir Queiroz