Ceará libera aulas do ensino médio, museus e cinemas, exceto para a região Cariri

Secretário da Saúde, Dr. Cabeto, e o governador Camilo Santana no anúncio das novas regras de liberação das atividades nesta sexta-feira — Foto: Reprodução

O governador do Ceará, Camilo Santana, afirmou nesta sexta-feira (11), que o próximo decreto com medidas preventivas para conter o avanço da Covid-19 vai liberar aulas presenciais em todos os anos letivos do ensino médio – com opção híbrida – , além de espaços como museus, bibliotecas e cinemas, com capacidade limitada.

Veja os principais anúncios:

 

  • Segmentos como templo religiosos e academias vão ter a capacidade de público ampliada;
  • Espaços esportivos, como as Areninhas, vão voltar a abrir;
  • Mantido o toque de recolher das 23h às 5h;
  • Autorizada a abertura de bibliotecas, museus e cinemas;
  • Liberadas aulas em todos os anos letivos do ensino médio;

Os eventos corporativos com público limitado — ou seja, de trabalho e empresariais — foram liberados para voltar a acontecer a partir do próximo dia 14, como anunciado por Camilo na semana passada.

As medidas de flexibilização valem para quatro das cinco macrorregiões do Ceará, mas não para o Cariri, onde a situação da pandemia segue grave.

“Estamos autorizando decisão importante do comitê autorização para que as escolas de ensino médio possam a voltar a funcionar em todas as suas séries”, disse o governador.

‘Não é hora de baixar a guarda’

Conforme o governador e o secretário da Saúde, Dr. Cabeto, há queda no número de mortes e de casos da doença em todas as regiões, exceto no Cariri, no sul do estado. “Queda na ocupação de leitos de UTI e enfermaria. “No Cariri, a gente não enxerga a mesma realidade. Houve crescimento no uso de UTIs e de enfermaria”, afirmou Cabeto.

“No Cariri houve redução, mas ainda há valores de 45%, quase metade das pessoas que fazem Swab nasal (teste da doença) testam positivo. No Ceará, há uma estabilização em todas as regiões, mas não há uma redução sistemática, o que mostra que nós ainda devemos ser prudentes em relação ao controle social, medidas de isolamento, uso de máscara”, disse o secretário da Saúde.

O secretário afirmou que, apesar da redução, a população deve manter as medidas de prevenção. “Não é hora de baixar a guarda. Houve aumento na Bahia, houve aumento em São Paulo, então é hora de se descuidar”, acrescentou.

Outras informações divulgadas pelo governador Camilo Santana:

  • Evolução da pandemia: houve queda no número de casos e mortes pela Covid, “mas continua uma preocupação muito grande com a região Cariri”.
  • Avanço da vacinação: 1.090.947pessoas vacinadas com a segunda dose;
  • Sputnik V: “Já estamos trabalhando, vamos ter uma reunião com o fundo russo. Será mais uma vacina para acelerar o processo de imunização dos cearenses”, disse o governador;
  • Cestas básicas: mais de 45 mil cestas entregues;
  • Financiamento para micro-empresas: mais de 40 mil cadastrados para receber o valor;

Pessoas já vacinadas em Fortaleza com a 1ª dose

  • Trabalhadores da saúde: 114.261
  • Idosos acima de 75 anos: 102.934
  • Idosos de 60 a 74 anos: 245.249
  • Forças de segurança, salvamento, forças armadas e funcionários do sistema de privação de liberdade: 17.033
  • Comorbidades, gestantes, puérperas, pessoas com deficiência grave: 44.423
  • Pessoas em situação de rua: 745
  • Trabalhadores da educação: 50.784
  • Trabalhadores do transporte aéreo: 1.133
  • Trabalhadores portuários: 1.293
  • População em geral: 55.090

Agendados a partir de 41 anos

A prefeitura de Fortaleza divulgou nesta sexta-feira (11) uma nova lista de pessoas agendadas para receber a vacina contra a Covid-19. A atualização contempla pessoas nascidas em 1978 ou antes. Há lista para imunização marcada até 21 de junho.

Para conferir se o seu nome está em um das listas, siga os seguintes passos:

  • Clique na lista de cada data abaixo
  • Pressione as teclas “Ctrl” e “F”
  • Digite o seu nome; se ele estiver nessa data, ele vai ser localizado na lista.

Confira todas as listas disponíveis, entre esta terça-feira (8) e o domingo (13):

 

11 de junho

12 de junho

13 de junho

14 de junho

15 de junho

16 de junho

17 de junho

18 de junho

19 de junho

20 de junho

21 de junho

Fonte: https://g1.globo.com/