Camilo Santana declara que defender reeleição de Izolda Cela é questão de justiça

Reprodução

Camilo Santana se manifestou em suas redes sociais, na tarde desta sexta-feira (8), sobre o direito de Izolda Cela buscar reeleição. Segundo o ex-governador é uma questão de justiça. E ele declara, ainda, que não irá agir contra seus princípios.

“Na vida pública sempre busquei ser justo e leal. Meus irmãos e irmãs cearenses são testemunhas da minha história”, afirmou Camilo Santana.

A declaração veio logo após Ciro Gomes, pré-candidato a presidência, questionar se ex-governador do Ceará ainda pode ser considerado um aliado.

Camilo Santana também afirmou que seguirá agindo como sempre fez, com diálogo e respeito, acreditando no poder do bem e na força da verdade.

“Defender que seja dado à governadora Izolda Cela, do PDT, o direito a buscar a reeleição, por sua seriedade e competência, é questão de justiça.”

Camilo Santana afirma que Izolda “tem direito à reeleição”

O ex-governador do Ceará, Camilo Santana (PT), concedeu entrevista exclusiva ao Jornal da Manhã, na Rádio Jovem Pan News Fortaleza 92.9, na manhã de terça-feira (28/06). Na conversa, o petista e pré-candidato ao Senado traçou panorama sobre a aliança PDT-PT às eleições deste ano, elogiou desempenho da governadora Izolda Cela (PDT), criticou atitudes adotas pelo Governo Federal e reforçou a importância de combate às fake news.

Sobre o representante da aliança PDT-PT para as eleições ao Governo do Ceará, Camilo foi enfático. “O mais importante para mim é a manutenção do projeto que coordena o Ceará. Muita coisa precisa ser corrigida e aperfeiçoada. Caberá ao PDT essa decisão e depois a aliança com outros partidos. O que está em jogo é o que tem sido construído no Ceará”, disse.

“O prazo legal de escolha é até 5 de agosto (candidato). Até lá, haverá uma decisão para representar a aliança”, reforçou Santana.

Fonte: https://gcmais.com.br/

Zeudir Queiroz